• Fisiotorres

Tenho incontinência urinária e o meu médico aconselhou-me ginástica hipopressiva. O que é?

A ginástica abdominal hipopressiva (GAH) é um método de treino que engloba

exercícios posturais realizados de forma rítmica. Todos os exercícios são baseados na

manutenção de uma determinada postura, durante um período de tempo, e sem

provocar o aumento da pressão intrabdominal e intratorácica. Foi criado em 1980 pelo

fisioterapeuta belga Marcel Caufriez, e surgiu como tratamento de incontinências

urinárias no pós-parto. O objetivo do terapeuta belga era encontrar um método de

treino que fosse benéfico para a tonificação abdominal mas sem efeitos negativos para

os músculos do pavimento pélvico (períneo).

Diversos estudos demonstram que os abdominais clássicos provocam um aumento da

pressão abdominal (Caufriez denomina-os como abdominais hiperpressivos), este

aumento de pressão interna está associado a um elevado risco de desenvolver hérnias

(lombares, inguinais, umbilicais e vaginais), e está ainda associado a uma diminuição

do tónus muscular do pavimento pélvico.

Este treino é a resposta ideal a tratamentos na saúde da mulher, nomeadamente

incontinências urinárias e recuperações pós-parto, pois permite a tonificação da

cintura abdominal com um menor impacto no pavimento pélvico. Na década de 80,

esta terapia estava implementada de modo bastante redutor, sendo usada somente

em situações de recuperação pós-parto.

Esta ginástica postural é atualmente bastante estudada cientificamente, e é baseada

em estudos neurofisiológicos. Os estudos realizados demonstraram os efeitos

sistémicos da técnica, ou seja, uma sessão consegue repercutir efeitos em todos os

sistemas do nosso corpo, nomeadamente ao nível tegumentar, ósseo, muscular,

endócrino, cardiovascular, respiratório, digestivo, imunitário, urinário e reprodutor.

Passou assim a ser classificada como uma terapia sistémica/holística, e a ser indicada

como complemento para diversas disfunções tais como alterações posturais,

disfunções respiratórias, cirurgias abdominais, disfunção sexual e alterações

gastrointestinais.

Os resultados obtidos a curto prazo incluem a ativação dos músculos do pavimento

pélvico e faixa abdominal (transverso do abdómen), uma diminuição da tensão

muscular da cadeia posterior e ainda um aumento da vascularização da pélvis e dos

membros inferiores.


Estudos revelam que a prática diária (20 minutos) promove, a longo prazo, uma

tonificação do pavimento pélvico e da cintura abdominal; um bom equilíbrio corporal e

consciência corporal; melhora a performance respiratória e diminui tensões

musculares.

Como efeitos secundários, este método aumenta a tensão arterial, o que obriga à

exclusão de pessoas com Hipertensão arterial e disfunções cardíacas, e ainda mulheres

grávidas, devido à ativação das contrações uterinas durante o treino.

Em suma, a GAH é uma ginástica postural com efeitos sistémicos, normalizadora das

pressões internas (abdominal/torácica), e permite uma tonificação da faixa abdominal

sem causar um impacto negativo no pavimento pélvico.


18 visualizações
  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle