• Fisiotorres

O Exercício Físico traz benefícios Neurofisiologicos?

Atualizado: 24 de Jan de 2019

“O corpo foi feito para mexer” e não só gera benefícios físicos como os estudos mostram que existe benefícios neurofisiológicos do exercício físico.

Vamos pensar no cérebro como um músculo, quanto mais o exercitar maior ele fica. Após a prática de exercício físico comprovou-se um aumento de volume do córtex pré-frontal e do hipocampo, estruturas estas que são as mais afetadas pelas doenças neuro degenerativas e pelo envelhecimento do corpo.

O nosso cérebro gera imediatamente o aumento de neurotransmissores como a dopamina, serotonina e noradrenalina após a prática desportiva. Com isto podemos sentir um aumento da nossa energia, da concentração, da memória e da atenção que permanecerá por duas horas, bem como da disposição para o nosso dia-a-dia. Ficará mais desperto e mais reativo.

Quando incluímos o exercício físico na nossa vida não estamos a curar o alzheimer ou o Parkinson, mas sim a fortalecer as estruturas cerebrais de maneira a retardar e/ou evitar o aparecimento destas doenças.

Mas não se assuste, não precisa de ser atleta de alta competição para conseguir estes efeitos. Para obter resultados a regra básica é fazer exercício 3 a 4 vezes por semana com duração de 30 minutos, que inclua exercício aeróbico.

Comece já!

Alguma dúvida entre em contacto connosco.





14 visualizações
  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle