• Fisiotorres

Como a osteopatia infantil vai ajudar o seu bebé?

Os assuntos relacionados com os recém-nascidos são temas que importam de sobremaneira os pais, principalmente aqueles que têm que ver com a saúde e o bem estar das crianças. Aspectos relacionados com o sono, alimentação, cólicas, dores, ou alterações posturais visíveis estão no topo das prioridades dos pais.

A osteopatia pediátrica tenta equilibrar possiveis alterações à "normalidade" do funcionamento do crânio e do restante corpo do bébé que podem provocar alterações dos aspectos focados anteriormente. Estas alterações podem surgir pelo mau posicionamento intra-uterino (ou falta de espaço como é o caso da gravidez gemelar) ou do momento do parto (partos muito demorados, utilização de forceps, ventosas, etc) e provocar problemas no imediato e/ou problemas no futuro.

A maioria dos problemas no imediato nos recém-nascidos surgem pela assimetria do crânio (tantas vezes desvalorizada!) e pela tensão existente no mesmo, que por sua vez faz com que nervos cranianos estejam sujeitos a tensão, principalmente o nervo vago. Ora o nervo vago, sai da base do crânio e vai permitir o relaxamento gastrointestinal (evitar as cólicas), actuar no sistema parassimpático (diminui a irritabilidade, melhora o repouso durante o sono), daí a importância para o bem estar do recém-nascido.

Os problemas no futuro prendem-se com o facto de uma assimetria do crânio e do buraco de conjugação com a coluna vertebral, influenciar negativamente todo o esquema corporal, pois a coluna terá que necessariamente se "desviar" para encaixar no buraco de conjugação e alterar tudo o resto, levando a problemas de coluna no futuro, como por exemplo a escoliose.

A osteopatia pediátrica ou infantil é indolor, feita de movimentos suaves e quase imperceptíveis , que provocam regra geral uma sensação de bem-estar que leva os bébes a, não raras vezes, adormecer durante o tratamento. Não há idades boas para iniciar mas quanto mais cedo o bébé começar (pode começar uma semana após o nascimento), mais eficaz e rápido é o tratamento.

Assim se o seu bébé tiver dificuldade na sucção, choro excessivo, cólicas, obstipação, bolçar frequente, alterações do sono, torcicolos congénitos e posturais, alterações e assimetrias crânio-faciais, deverá ser consultado para descartar e tratar quaisquer problemas que o afectem agora ou no futuro


51 visualizações
  • b-facebook
  • Instagram - Black Circle